Escrito por David Reich, Traduzido e adaptador por Paula Stipp — Informação revisada por Piet Hellemans, DVM.

Neste artigo irá aprender:

  • Os terpenos são realmente perigosos para os animais de estimação?
    Os terpenos presentes no CBD e o óleo de cânhamo rico em terpenos combinam-se bem com as propriedades do CBD, contribuindo para o efeito entourage. Os terpenos isolados, bem como os produtos com um perfil de terpenos melhorado, podem ser tóxicos para os animais de estimação.
  • Porquê alguns produtos de CBD para animais de estimação contêm terpenos?
    A quantidade de terpenos nos produtos de CBD para animais de estimação normalmente não é suficientemente elevada para ter quaisquer efeitos nocivos nos animais de estimação.

Introdução

Já alguma vez pensou porque é que certas plantas atraem animais ou porque é que os animais de estimação gostam de comer erva? É possível que os terpenos sejam os culpados.

Talvez saiba que o cânhamo pertence à família Cannabaceae (Cannabis sativa). Pode também estar ciente de que o cânhamo contém mais de 100 fitocanabinóides, incluindo os dois mais conhecidos – CBD e THC. Contudo, pode não estar ciente de que os terpenos contribuem para o perfil biológico da planta do cânhamo. Eles também ajudam o CBD a trabalhar mais eficazmente.

O que são os Terpenos

Os terpenos são, acima de tudo, naturais. Eles existem desde o início dos tempos. Só recentemente é que temos tido consciência disto. Os terpenos são compostos aromáticos que dão às plantas o seu cheiro, cor e sabor. Foram identificados cerca de 20.000 terpenos, sendo que mais de 100 deles foram encontrados nas plantas que produzem CBD.

Os terpenos são derivados da resina presente nos tricomas da planta da cannabis, que é também onde se encontram os fitocanabinóides. Curiosamente, alguns dos mesmos terpenos encontrados no cânhamo também podem ser encontrados noutras sementes, especiarias, flores e frutos comuns. É por causa dos terpenos que os seus animais de estimação podem ser atraídos por tais plantas.

Verá minúsculas características capilares nas plantas fêmeas se olhar atentamente para elas, o que pode ser feito com um microscópio. Estes tricomas são conhecidos como tricomas glandulares. Terpenos de canábis e plantas de cânhamo aconchegam-se a estes minúsculos pêlos para se protegerem dos polinizadores e outras pragas.

Diferentes tipos de Terpenos

Enquanto um certo grupo de terpenos pode ser encontrado numa planta de cannabis ou cânhamo, a consistência pode variar. Isto depende inteiramente da planta e de como e onde foi cultivada. A quantidade de luz que as plantas recebem, a gestão do solo, a humidade, e as práticas de cultivo influenciam a forma como os terpenos funcionam. É quase impossível calcular a quantidade de terpenos em cada planta dada.

Os terpenos seguintes são os mais comuns no óleo de cânhamo:

Nordic Oil
Play. Relax. Repeat.

Conheça a NatuPet

Produtos especificamente concebidos para que os gatos e cães possam também se beneficiar do CBD. Porque sentir-se bem não é apenas para os humanos.

82787C01-82C1-48EF-8A46-BFB0759ED992 A N O R D I C O I L C O M P A N Y

Linalol, Limoneno, cariofileno B, Mirceno e Pineno

  • O mirceno é um terpeno que pode ser encontrado numa variedade de ervas, incluindo tomilho selvagem, lúpulo, capim-limão, manjericão, e até manga. O mirceno tem um cheiro almiscarado e confere uma fragrância de terra, salgada e parecida com o cravo à canábis.
  • Um dos terpenos mais comuns presentes na natureza é o limoneno. É definitivamente o limoneno que dá um sabor citrino limonado ou alaranjado às plantas em que está presente. 
  • O pineno é um composto presente na resina de pinheiro e cânhamo. Para a maioria de nós pensamos em pinheiro, pensamos em material de limpeza. Qual é a razão para isto? 
  • O linalol é semelhante ao mirceno. Tem uma agradável e natural fragrância floral com toques de citrinos.
  • O cariofileno B pode ser contido em pimenta preta, canela, orégão, e, claro, cânhamo, os cientistas referem-se ao cariofileno B como o “terpeno dietético”.

É verdade que os terpenos podem deixar meus animais mocados?

Embora o cânhamo e a marijuana sejam ambos membros da família da canábis, os seus perfis biológicos são vastamente diferentes. O cânhamo é conhecido pelo seu elevado conteúdo de CBD, enquanto a marijuana é conhecida pelo seu conteúdo psicoactivo de THC. Os terpenos, ao contrário de outros fitocanabinóides, não são psicoactivos. Isto assegura que, em teoria, os donos de animais de estimação podem dar aos seus animais de estimação óleo de cânhamo rico em terpenos sem medo de os drogar.

Os terpenos são perigosos para os animais?

Os terpenos presentes no CBD e os óleos de cânhamo ricos em terpenos combinam-se bem com as propriedades do CBD que contribuem para o efeito entourage, que ocorre quando todos os fitoquímicos da planta de cânhamo actuam em conjunto.

No entanto, os cães e os gatos têm sentidos de cheiro tão apurados, que podem ser mais sensíveis aos aromas e produtos químicos. Os terpenos isolados, bem como os produtos com um perfil de terpenos melhorado, podem ser tóxicos para os animais de estimação. Quando se considera a função dos terpenos como metabolitos secundários defensivos, isto faz muito sentido. Eles são feitos para afugentar os predadores. É por isso que algumas plantas são tóxicas para os animais de estimação.

Então porque é que os terpenos estão presentes nos produtos da CBD para animais de estimação?

Há uma explicação justa para isso. A quantidade de terpenos nos produtos de CBD para animais de estimação não é normalmente suficientemente elevada para ter quaisquer efeitos nocivos sobre eles. Todos os óleos de CBD da NatuPet para animais de estimação não contém terpenos adicionados.  

Terpenos em CBD para animais faz diferença?

Sim, os terpenos em CBD para animais de estimação são importantes. Ao dar CBD ao seu animal de estimação, certifique-se de que o produto não contém nenhum terpeno adicionado ou sabores não amigos dos animais.

O CBD não é um produto que possui uma dosagem única para todos. O CBD tem um bouquet de aromas, gostos, efeitos e associações com o corpo. É por isso que deve sempre ler atentamente a formulação de qualquer produto de CBD que comprar. O óleo de CBD para humanos pode ter um perfil de terpeno melhorado, dependendo da sua finalidade ou pode conter um aroma que não é bem tolerado pelos animais de estimação. 

CBD expert - | + artigos

David é o nosso especialista para todas as coisas relacionadas ao CBD e seus animais de estimação. Os animais precisam frequentemente de atenção e cuidados especiais e essa é a especialidade de David, mas ele é também um perito em todos os tópicos relacionados ao CBD, por isso, qualquer que seja a sua pergunta, ele está feliz por ajudar.

Paula Stipp
Tradutora - NatuPet | + artigos

Nascida em São Paulo, Brasil, Paula é formada em Publicidade e Propaganda e hoje mora em Munique, Alemanha. Começou sua jornada com o CBD há quase dois anos na Nordic Oil e agora também contribui com a Natupet. Com os seus vastos conhecimentos, Paula ajuda a educar os nossos clientes em Portugal sobre como o CBD pode ajudar os seus animais de estimação.

Piet Hellemans, DVM
Veterinário e consultor veterinário | + artigos

Piet Hellemans, DVM, é veterinário desde 2006 e pratica actualmente em Amesterdão e arredores. Graduou-se na Universiteit Utrecht, obtendo a sua licenciatura em Medicina Veterinária. Também trabalha como consultor veterinário e aconselha empresas, indivíduos, e fundações na promoção do bem-estar animal. Nos últimos anos, tornou-se um forte defensor da utilização do CBD em animais de estimação e tem escrito numerosos artigos noutros websites exaltando as suas propriedades.

Piet é um defensor da marca NatuPet e verifica o nosso conteúdo, por isso estamos certos de fornecer aos nossos leitores informações precisas.

Escreva um comentário